Avanços tecnológicos em estética e saúde


A mulher de hoje tem muito a comemorar com os enormes avanços na área da estéticae saúde. Os recursos atualmente disponíveis para tratamentos estéticos possibilitam contar com as mais modernas técnicas de tratamento de beleza e saúde proporcionado resultados mais eficientes e satisfatórios do que nos anos anteriores, e melhorando, sobretudo, o nível de qualidade de vida.

Dentro dessa nova perspectiva técno-científica, vamos resumir as principais modificações dessas técnicas e discutir o diferencial metodológico em que estão aplicadas.

Não é incomum vermos mulheres com mais de 40 anos de idade apresentando beleza e vigor físico melhores do que mulheres entre 17 e 25 anos. A que se deve isso?

A resposta, em parte, se deve à ciência - foi preciso muito tempo para que a medicina desvendasse as peculiaridades do corpo feminino, suas necessidades específicas, seu metabolismo e uma mudança de tratamento e comportamento conjuntas.

Somente nos anos 20 é que a ciência médica começou a desvendar o funcionamento do ciclo menstrual da mulher. Para se ter uma idéia por muito tempo a ciência acreditou que a ovulação acontecia durante a menstruação - tal qual ocorre em outros animais.

Com a derrubada dessa tese, abriu-se um caminho para o desenvolvimento da ciência da reprodução humana, que culminou na síntese da pílula anticoncepcional - este foi um avanço importantíssimo pois levou à estudos detalhados sobre a fisiologia feminina e sobre o comportamento da mulher.

O resultado desse desenvolvimento de pesquisas é o envelhecimento mais tardio da mulher com mais beleza e saúde porque sabemos lidar com os hormônios femininos e seus efeitos sobre o corpo e a mente.

Aliado a esses avanços científicos a mulher também mudou seus hábitos e estilo de vida contribuindo para uma vida mais natural e saudável. Mudanças como a alimentação rica em fibras e não gordurosa, prática de atividades físicas regularmente e abolição de vícios foram fundamentais para garantir a mulher de hoje muito mais vigor e um corpo mais saudável.

A medicina também descobriu que é preciso atuar precocemente sobre o organismo, antes mesmo de ele apresentar algum sintoma físico. - A medicina Ortomolecular atua na limpeza do "lixo orgânico das células" os radicais livres. Já a medicina genética será a medicina do futuro próximo, o Projeto Genoma que desvendará o mapeamento completo do código genético humano, possibilitará irmos até as células defeituosas e destruí-las, radicando a doença futura.

Os tratamentos e cremes atuais são tão potentes que sua formulação saiu do reino da cosmética para o da medicina estética. O FDA, órgão governamental americano, que dá garantia de segurança para remédios e alimentos, passou recentemente a se ocupar da linha de cosméticos. O FDA criou o Office of Womens Health, uma divisão inteira dedicada exclusivamente a cuidar de questões ligadas aos tratamentos médicos e estéticos oferecidos às mulheres.

Por tudo isso, os avanços tem chegado rapidamente. Hoje, exames rotineiros podem detectar doenças em seu estágio inicial. Dietas saudáveis e exercícios moderados e regulares são capazes de prevenir problemas de saúde e melhorar a aparência e saúde das mulheres maduras.

Antigamente fazia-se muita atividade física de forma errada, hoje sabe-se que exercícios moderados e leves, porém regulares, com pouca carda dão mais resultados e não agridem o corpo. Combina-se musculação com aeróbica e alongamentos.

Na área da cirurgia estética também houve um avanço extraordinário - as cirurgias tornaram-se menos invasivas e agressivas e mais seguras. Em 1980 a lipoaspiração ampliou os limites da plástica, passou a ser possível retocar cinturas, culotes e nádegas sem os riscos e marcas das cirurgias tradicionais.

Hoje já podemos contar com a lipoescultura e a lipo ultra-sônica que destróe as células gordurosas através de ondas emitidas reduzindo o sangramento e a agressão ao organismo da paciente.

Na cirurgia de mamas, novas próteses de silicone, texturizadas ou cobertas com esponja de poliuretano reduzem o processo de cicatrização interno. Com isso, o risco de endurecimento das mamas é menor. A videoscopia permitiu que o corte das cirurgias, antes de 10 a 20 cm passa-se para menos de 1 cm, permitindo que uma intervenção cirúrgica possa ser acompanhada com riqueza de detalhes.

Em resumo: cuidados e modificações nos hábitos e conduta das mulheres de hoje, permitem um maior nível de qualidade de vida, garantindo não apenas saúde mas uma maior longevidade.


Marines MarchioroPor: Marines Marchioro é Massoterapeuta, formada pela Escola ALTEN/RS com Especialização em Do-In (Juracy Cançado/RJ) e Massagem Bionergética (Ralph Viana/RJ). Conselho Federal de Massoterapia número 1560. Fonte:  http://www.saudenainternet.com.br/portal_saude