Rir é o melhor remédio, desopila o fígado e não possui contra-indicação


Por Maria Inês Felippe para o RH.com.br 



O humor é um estado de espírito e, muitas vezes, é um remédio para soluções de problemas, para geração de idéias e para a criação. A pessoa humorada é otimista e perseverante, possui uma fé inabalável e acredita que tudo vai dar certo. Aliás, essa pessoa faz com que tudo dê certo, pois sendo espirituosa, contagia quem está ao seu redor e ativa o lado direito do cérebro, estimulando a intuição, o sentimento, a sensação, a percepção, a imaginação e a criação. Sendo assim, a maioria dos humorados consegue encontrar respostas rápidas e criativas.
No entanto, há pessoas que são resistentes ao riso. Em alguns casos, elas possuem o senso crítico elevado e o julgamento muito forte, utilizando mais do lado esquerdo do cérebro que é o da razão, do pragmatismo e da organização. Não quero afirmar que isso não seja importante, mas para essas pessoas o mundo torna-se mais pesado, é como se tivessem que carregá-lo nas costas. Esse comportamento pode estar relacionado aos sistemas educacional, familiar e empresarial, e aos modelos mentais da própria pessoa.
Um modelo mental muito antigo que permanece em prática nas organizações, é o de que empresa não é lugar para se brincar, mas sim um lugar sério, onde o humor não é bem visto. Porém, percebemos que o humor tornou-se uma característica a ser avaliada nos processos de seleção. Vejam que antagonismo!
Outro dia, uma repórter perguntou-me: até que ponto as brincadeiras podem atrapalhar o mundo corporativo? É aquela velha resposta: tudo em excesso atrapalha, mas o mau humor é abominável.
O humorado divide platéias, pois quando ele falta ao trabalho há pessoas que dão graças a Deus e existem outras que sentem a sua ausência. Lidar com o brincalhão não é fácil, mas ele é imprescindível. Historicamente, o riso era associado à loucura, como também as pessoas sorridentes eram rotuladas como abobalhadas já que faziam algo proibido. Observem as japonesas sorrindo atrás dos leques!
Este é um modelo mental que devemos quebrar, pois ser humorado não significa ter falta de seriedade, mesmo porque é o riso que ocasiona o comportamento de entusiasmo, perseverança, envolvimento, favorecendo lidar satisfatoriamente com os desafios do dia-a-dia.
É bom lembrarmos que também existe o implicante, o criador de caso, aquele que faz o julgamento precipitado e piadinhas de mau gosto. Nosso primeiro impulso é de entrar em pânico e ficar com raiva. Mas fique tranqüilo, pois o humor poderá fazer com que ele perceba o que está fazendo.
Quanto mais você rir de verdade, maior será a sua capacidade de estabelecer conexões cerebrais e conseqüentemente de criar, tornando a vida cheia de desejos, possibilitando-o explorar novas possibilidades.
Aconteça o que acontecer, todos nós passamos por várias dificuldades na vida, seja por questões econômicas, afetivas ou sociais. Agora se você deixar levar-se pelo mau humor, certamente sua vida entrará em colapso, pois estamos constantemente sendo convidados a sermos inventores de uma nova vida. Quando o seu humor esfria, sua personalidade torna-se frágil e quebradiça, dificultando suportar a pancada, os golpes do cotidiano, podendo derrubá-lo e despedaçá-lo. A pessoa humorada é otimista e espera sempre o melhor.
Quando você se dirigir ao seu trabalho vá de coração aberto, alegre e busque melhorar todos os dias. Caso esteja um ambiente que para você é hostil, vá pensando de que forma poderá melhorá-lo, para que todos possam viver num ambiente mais harmonioso. Use a sua criatividade, já que dificilmente encontraremos um ambiente maravilhoso. Aliás tenha cuidado, pois quando isso acontece você poderá estar entrando numa enrrascada. Sabe quando você está amando e não percebe os defeitos na outra pessoa? Quando os identifica, o que acontece? Tudo desmorona como um castelo de areia. Muitas vezes é preciso parar de reclamar, já que ninguém agüenta as reclamações, principalmente daqueles que não apresentam sugestões.
Que música você canta quando vai ao trabalho? Uma música fúnebre ou uma melodia em ritmo de dinamismo e alegria? Afinal, você é o patinho feio ou o cisne encantado? Quando você está dirigindo seu carro e é verbalmente agredido, e colocam sua mãe no meio da história, você terá várias saídas: sorrir, chorar, gritar ou sair atirando. A tristeza é um veneno terrível para as células cerebrais e de todo o organismo, pois provoca doenças, leva à enfermidade e até à morte.
Ter na empresa flores, plantas, janelas, fotografias de pessoas que você gosta, como também de uma paisagem, música, cantinhos da felicidade, além de tornar visualmente o ambiente de trabalho mais agradável, propicia o ativamento do músculo da criatividade, da imaginação e do bom humor.
Alegria chama alegria, prosperidade chama prosperidade e humor chama criatividade. Afinal, como está o seu humor? Quantas gargalhadas você já deu hoje?
Dicas
* Busque prazer na vida e no trabalho.
* Observe as situações em diversos ângulos, pois nem sempre tudo é muito ruim.
* Transforme situações desagradáveis e injete o humor.
* Sinta-se merecedor de coisas boas e do sucesso.
* Eleve sua auto-estima.
* Lembre-se: sorrir é o melhor remédio, não dói, não tem contra-indicação, além de permitir o movimento dos músculos da face, o que torna a pessoa mais bonita.

Humor




A Meditação


Nesta lição aprenderemos, de uma forma bem simples e objetiva, como praticar a meditação e quais os enormes benefícios que podemos ter praticando-a regularmente. 

Na lição anterior vimos algo sobre o que é o despertar da consciência, e as grandes diferenças que existem entre ter a consciência desperta e adormecida. 
Vimos também que os meios efetivos para o despertar da consciência são a prática da morte psicológica e da meditação. 
Aqui está então o principal objetivo de praticarmos a meditação: despertar nossa consciência, o que por si só nos faz pessoas totalmente diferentes do que somos, com diferentes capacidades, objetivos e percepções. 

A prática da meditação remonta a tempos antiquíssimos e está representada em todas as grandes religiões do mundo como o budismo, hinduísmo, cristianismo, sufismo, judaísmo, taoísmo, etc. 
Também a moderna Psicologia tem estudado e atestado que são muitos os benefícios advindos da prática da meditação.


A prática da meditação

Primeiramente devemos escolher um local silencioso, arejado e limpo. O quarto de dormir é o ideal. 
Depois devemos nos acomodar em uma posição confortável, na qual seja possível permanecer por um bom tempo sem se mover. 
Pode-se se sentar com as pernas cruzadas ao estilo oriental ou deitar-se com a barriga para cima, as pernas esticadas e os pés unidos. 
Após isso deve-se fazer o relaxamento de todo o corpo, e para isso usaremos a técnica que já vimos nas primeiras lições deste curso. 

Feito isso, iremos utilizar o método descrito abaixo e passar a praticar a meditação propriamente dita. 
Ao praticar a meditação entenda que seu único objetivo deve ser silenciar a mente, parar com sua agitação e com a sucessão de pensamentos que normalmente ocorre. 
Quando se consegue alcançar o silêncio absoluto da mente, ou seja, a ausência total de pensamentos, é que experimentamos o Vazio Iluminador, o êxtase místico, a liberdade da alma. 
Quanto mais se pratica a meditação mais a mente vai se aquietando, e mais perto estaremos de alcançar o Vazio Iluminador. 

Não se preocupe em saber como deve ser o Vazio Iluminador ou qualquer coisa do tipo. Concentre-se apenas na técnica de meditação que você estiver fazendo. 
Seu objetivo deve ser apenas silenciar a mente, nada mais. O demais virá por acréscimo. 

A mente é como um animal selvagem que precisa ser domado para obedecer. 
Inclusive isto é simbolizado na passagem bíblica na qual o grande mestre Jesus entra em Jerusalém montado sobre o asno, o burrico. 
Se quisermos entrar na Jerusalém celestial, nas dimensões superiores da natureza, devemos montar, domar e controlar o asno, ou seja, a mente.


Os Koans

Um koan é uma frase enigmática que tem como objetivo propor um problema à mente que ela não consegue resolver. 
Dessa forma fazemos com que a mente se canse procurando uma resposta que ela não pode encontrar, uma vez que a resposta para um koan está além da mente, em um nível superior. 
Conforme a mente vai se cansando ela vai também se aquietando até ficar em completo silêncio. 

Esse é o objetivo do koan: silenciar a mente e ao mesmo tempo atrair levemente o sono. 
Quando adormecemos, mesmo que por um breve instante, com a mente em silêncio, é que vivemos a experiência mística. 
Pode-se escolher um dos seguintes koans para praticar a meditação: 

"Quem é aquele que está só no meio de dez mil coisas?" 
"Se tudo se reduz à unidade, a que se reduz a unidade?" 

Também podemos usar um outro koan, nos concentrando e imaginado a seguinte situação: 
Existe um profundo abismo e na beira deste uma grande árvore está plantada. Essa árvore possui um longo galho que cresceu de tal forma que sua ponta se projetou vários metros sobre o abismo. 
Agora imaginamos que na ponta deste galho está amarrada uma corda e na outra ponta da corda está você, com as mãos e pés firmemente amarrados de forma que é impossível soltá-los, e apenas se segurando à corda com os dentes. 
Então pergunte à mente: 

"Como faço para sair vivo desta situação sem nenhuma ajuda?" 

Então o que fazemos é lançar qualquer uma dessas perguntas à mente e ordenar que responda. 
Depois de lançar o koan para a mente responder deve-se concentrar esperando a sua resposta, como se estivesse olhando dentro da mente à espera da resposta que ela está obrigada a trazer. 
Dessa forma, mantemos a mente “pressionada” a trazer a resposta até ela ir se cansando e ficando em silêncio. 

A mente é claro, tenderá a não obedecer, a trazer respostas erradas (pois ela não conhece a resposta para um koan) ou desviar para outros pensamentos. 
Por isso deve-se insistir para que ela obedeça e traga a resposta para o koan. 

Se a mente insiste em desviar para outros pensamentos seja imperativo com ela dizendo mentalmente: Fora! Não é isso que estou procurando! 
Em seguida volta a se concentrar esperando a resposta. 

Lembre-se: qualquer resposta trazida pela mente estará errada, pois ela jamais pode conhecer algo que está além dos afetos e da mente. 

Cada pessoa deve praticar a meditação (ou qualquer outra prática) respeitando seus limites, ou seja, começar praticando por pouco tempo e, gradativamente, ir aumentando o tempo da prática. 
Se forçar a concentração por longo tempo logo de início, pode ser que ocorram dores de cabeça ou mesmo tontura. 

É importante que se pratique essas técnicas com continuidade, preferencialmente todos os dias, pois é dessa forma que se obtém resultados.



Avanços tecnológicos em estética e saúde


A mulher de hoje tem muito a comemorar com os enormes avanços na área da estéticae saúde. Os recursos atualmente disponíveis para tratamentos estéticos possibilitam contar com as mais modernas técnicas de tratamento de beleza e saúde proporcionado resultados mais eficientes e satisfatórios do que nos anos anteriores, e melhorando, sobretudo, o nível de qualidade de vida.

Dentro dessa nova perspectiva técno-científica, vamos resumir as principais modificações dessas técnicas e discutir o diferencial metodológico em que estão aplicadas.

Não é incomum vermos mulheres com mais de 40 anos de idade apresentando beleza e vigor físico melhores do que mulheres entre 17 e 25 anos. A que se deve isso?

A resposta, em parte, se deve à ciência - foi preciso muito tempo para que a medicina desvendasse as peculiaridades do corpo feminino, suas necessidades específicas, seu metabolismo e uma mudança de tratamento e comportamento conjuntas.

Somente nos anos 20 é que a ciência médica começou a desvendar o funcionamento do ciclo menstrual da mulher. Para se ter uma idéia por muito tempo a ciência acreditou que a ovulação acontecia durante a menstruação - tal qual ocorre em outros animais.

Com a derrubada dessa tese, abriu-se um caminho para o desenvolvimento da ciência da reprodução humana, que culminou na síntese da pílula anticoncepcional - este foi um avanço importantíssimo pois levou à estudos detalhados sobre a fisiologia feminina e sobre o comportamento da mulher.

O resultado desse desenvolvimento de pesquisas é o envelhecimento mais tardio da mulher com mais beleza e saúde porque sabemos lidar com os hormônios femininos e seus efeitos sobre o corpo e a mente.

Aliado a esses avanços científicos a mulher também mudou seus hábitos e estilo de vida contribuindo para uma vida mais natural e saudável. Mudanças como a alimentação rica em fibras e não gordurosa, prática de atividades físicas regularmente e abolição de vícios foram fundamentais para garantir a mulher de hoje muito mais vigor e um corpo mais saudável.

A medicina também descobriu que é preciso atuar precocemente sobre o organismo, antes mesmo de ele apresentar algum sintoma físico. - A medicina Ortomolecular atua na limpeza do "lixo orgânico das células" os radicais livres. Já a medicina genética será a medicina do futuro próximo, o Projeto Genoma que desvendará o mapeamento completo do código genético humano, possibilitará irmos até as células defeituosas e destruí-las, radicando a doença futura.

Os tratamentos e cremes atuais são tão potentes que sua formulação saiu do reino da cosmética para o da medicina estética. O FDA, órgão governamental americano, que dá garantia de segurança para remédios e alimentos, passou recentemente a se ocupar da linha de cosméticos. O FDA criou o Office of Womens Health, uma divisão inteira dedicada exclusivamente a cuidar de questões ligadas aos tratamentos médicos e estéticos oferecidos às mulheres.

Por tudo isso, os avanços tem chegado rapidamente. Hoje, exames rotineiros podem detectar doenças em seu estágio inicial. Dietas saudáveis e exercícios moderados e regulares são capazes de prevenir problemas de saúde e melhorar a aparência e saúde das mulheres maduras.

Antigamente fazia-se muita atividade física de forma errada, hoje sabe-se que exercícios moderados e leves, porém regulares, com pouca carda dão mais resultados e não agridem o corpo. Combina-se musculação com aeróbica e alongamentos.

Na área da cirurgia estética também houve um avanço extraordinário - as cirurgias tornaram-se menos invasivas e agressivas e mais seguras. Em 1980 a lipoaspiração ampliou os limites da plástica, passou a ser possível retocar cinturas, culotes e nádegas sem os riscos e marcas das cirurgias tradicionais.

Hoje já podemos contar com a lipoescultura e a lipo ultra-sônica que destróe as células gordurosas através de ondas emitidas reduzindo o sangramento e a agressão ao organismo da paciente.

Na cirurgia de mamas, novas próteses de silicone, texturizadas ou cobertas com esponja de poliuretano reduzem o processo de cicatrização interno. Com isso, o risco de endurecimento das mamas é menor. A videoscopia permitiu que o corte das cirurgias, antes de 10 a 20 cm passa-se para menos de 1 cm, permitindo que uma intervenção cirúrgica possa ser acompanhada com riqueza de detalhes.

Em resumo: cuidados e modificações nos hábitos e conduta das mulheres de hoje, permitem um maior nível de qualidade de vida, garantindo não apenas saúde mas uma maior longevidade.


Marines MarchioroPor: Marines Marchioro é Massoterapeuta, formada pela Escola ALTEN/RS com Especialização em Do-In (Juracy Cançado/RJ) e Massagem Bionergética (Ralph Viana/RJ). Conselho Federal de Massoterapia número 1560. Fonte:  http://www.saudenainternet.com.br/portal_saude



Pilates: corpo malhado sem musculação


De uma barriga mais definida ao autocontrole, passando por músculos firmes, fortes e alongados, ótima postura, articulações mais saudáveis, melhor capacidade de respiração e maior tolerância ao stress. Ufa! Não é à toa que o pilates conquista novas adeptas a cada dia
Por Olga Penteado


Movimentos elegantes
Respire e solte todo o ar, sentindo seu abdômen encolher ao máximo — como se o umbigo fosse colar nas costas — e as costelas fechando em direção ao centro. Sua barriga fica retinha, a cintura afina. Pena que dure só até a próxima respiração! Você pode, porém, preservar esse momento mágico para sempre ao praticar o pilates, um método de condicionamento físico criado na Alemanha na década de 20. Seja nos aparelhos inventados por Joseph Pilates — estruturas de madeira e metal, com molas e tiras de couro — como nos movimentos feitos no chão — técnica conhecida por mat pilates —, os músculos são trabalhados duplamente, ou seja, são tonificados e alongados ao mesmo tempo, mas dentro do limite de cada praticante. 

“Os corpos treinados pelo método são fortes, alongados, flexíveis e saudáveis. A postura melhora muito e os movimentos se tornam elegantes”, garante Alice Becker, instrutora e proprietária do Physio Pilates, estúdio em Salvador (BA). “Lembro de uma ex-aluna que dizia que tinha a sensação de estar percorrendo um salão de baile com roupas fluidas, ainda que estivesse atravessando a faixa de pedestre”, conta Alice.
 

Para quem não gosta do ambiente agitado das academias, pilates é ideal, pois permite um corpo malhado sem puxar ferro. Esse é o caso de Tatiana Tiepolo, que pratica no estúdio Physio Sport Pilates, em São Paulo (SP). “Além de músculos mais firmes e bem desenhados, melhorei a postura”, diz ela.


Hábitos saudáveis ajudam a envelhecer com qualidade de vida


    Com o passar do tempo, vários transformações naturais acontecem e isso deve ser aceito com naturalidade. Especialistas dizem que o primeiro passo para envelhecer com qualidade é justamente “saber envelhecer”. O reumatologista e fisiatra do CREB – Centro de Reumatologia e Ortopedia Botafogo, Dr. Haim Maleh, ressalta que sempre há tempo para adotarmos novos e saudáveis hábitos. “O tabaco, o álcool, a poluição, o excesso de exposição ao sol, o sedentarismo, a obesidade, uma vida agitada e poucas horas de sonos – todos esses fatores trazem complicações para a nossa saúde. No entanto, se alimentar bem, se exercitar regularmente e buscar uma vida sócio-afetiva ativa nos trazem muita saúde. Sempre há tempo de mudar hábitos ruins por práticas saudáveis. Há cuidados para vida diária como saber posicionar-se para  andar, deitar, sentar, entre outros, que certamente trarão  qualidade de vida para a pessoa que está entrando na chamada terceira idade”, explica o Dr. Haim.

    Alguns conselhos, acredita o médico do CREB, são fundamentais para quem busca envelhecer com uma melhor qualidade de vida. A prática de exercícios e buscar uma alimentação saudável são duas dicas importantes, diz ele. “Uma alimentação equilibrada tem muita influência na manutenção da nossa saúde, energia e vitalidade e diminui os riscos de aterosclerose e doenças cardiovasculares, entre outras. Faça uma alimentação rica em frutas, vegetais e cereais. Use as gorduras com moderação e não abuse dos doces nem do sal. Beba água e não fique muitas horas sem comer. Exercício físico regular também é fundamental, pois previne uma série de doenças. A hidroterapia é uma excelente opção, pois o exercício dentro da água aquecida é relaxante, evita impacto e facilita os movimentos”, explica o médico.

    Ainda em relação a alimentação, o Dr. Haim aconselha que a proteção dos ossos contra a osteoporose. Para isso, prescreve uma alimentação rica em cálcio - o leite, o queijo e o peixe são bons exemplos. E dá uma dica: “a casca do ovo é composta em quase 100% de carbonato de cálcio. Sugerimos aos nossos pacientes lavar a casca do ovo, colocar no forno em alta temperatura, com a finalidade de buscar uma melhor higienização. Depois, pegue essa casca e a triture muito bem até ficar muito fina. Coloque uma colher de chá ao dia desse material na comida misturada e você terá aí os 1.500 mg ao dia de cálcio necessários em sua dieta”, explica ele.

    “Faça passeios ao ar livre. Apanhe sol, mas proteja-se dos excessos”, acrescenta. Outra preocupação que a pessoa da terceira idade deve ter é com acidentes e quedas. O médico doCREB recomenda que se ande regularmente, mas orienta que a pessoa deve utilizar calçados macios, que não escorreguem e que adote alguns cuidados em casa, como evitar tapetes e fios soltos e deixar luzes de apoio acesas, à noite, para aqueles que costumam ir ao banheiro durante a madrugada.

    - Para se envelhecer de forma saudável, a prevenção é a palavra de ordem. É preciso que a pessoa da terceira idade faça controles médicos regulares, incluindo a sua tensão arterial. O médico poderá lhe prescrever um tratamento individualizado, acompanhando seu desenvolvimento – finaliza o Dr. Haim Maleh, do CREB.

    Fonte 
    http://www.creb.com.br